Alunos de Bate Pé, zona rural de Vitória da Conquista, escrevem cordel sobre umbu

O Centro Educacional Eurípedes Peri Rosa fica situado na zona rural de Vitória da Conquista, no Distrito de Bate Pé. Inserida no bioma Caatinga, decidiu, através de sua equipe pedagógica e alunos, destacar o umbu e a palma como temas da 9ª edição do jornal Eco Kids, que será lançado amanhã, dia 29 de setembro de 2017.

O jornal traz curiosidades sobre o umbuzeiro, a começar pela denominação dada por Euclides da Cunha, como Árvore Sagrada do Sertão. Isto porque, além de seu aproveitamento alimentar, aplicações industriais, valor paisagístico, a árvore é espécie altamente resistente a prolongados períodos de estiagem, graças ao armazenamento nas túberas (batatas) subterrâneas. O fruto umbu pode ser usado em doce caseiro, suco, bebida refrigerante ou cachaça e até rapadura. A água acumulada nos túberos tem valor medicinal, contendo vitamina C e sais minerais, sendo usada na medicina caseira contra diarréias, verminoses e escorbuto (CAVALCANTI, 2007).

Conhecendo de perto todos esses atributos,  os alunos do 5º ano do Fundamental I, sob a orientação da professora Eunice, do Centro Educacional Eurípedes Peri Rosa, escreveram um cordel sobre umbuzeiro para o jornal Eco Kids.

Acompanhe:

A batata do umbuzeiro

 

Batata do umbuzeiro

Fonte de água natural

Muito rica em nutrientes

Pra planta crescer normal

Figura 1- batata do umbuzeiro

Pode ser a sede brava

Muito tempo sem chover

Xilopódio poderoso

Faz a planta florescer

Figura 2- xilopódio

Além de muita água

Nutrientes minerais

Também serve para matar a fome

De homens e animais

Figura 3- umbu

Tá presente no cenário

Das histórias do sertão

Servia para matar a sede

do bando de Lampião

Figura 4- Maria Bonita, Lampião e seu bando-1936.     Foto de Benjamim Abrahao 

Existem muitas batatas

Em plantas do mundo inteiro

Mas nenhuma se compara

à batata do umbuzeiro

Figura 5- batata do umbuzeiro.
Foto de Zé Arteiro.

Créditos das imagens:
Figura 1: http://marcosdantas.com/ambientalista-seridoense-preocupado-com-o-futuro-do-umbuzeiro/
Figura 2: http://fatosefotosdacaatinga.blogspot.com.br/2007/03/os-xilopdios-do-imbuzeiro.html
Figura 3 e capa: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/umbu
Figura 4: https://catracalivre.com.br/sp/agenda/gratis/mostra-reune-fotos-ineditas-de-lampiao-maria-bonita-e-seu-bando/
Figura 5: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/umbu
Xilopódio: Os xilopódios são raízes modificadas, com formação de túberas (batatas) que armazenam uma solução nutritiva que é utilizada pela planta para sobrevivência no período de seca que ocorre na região semi-árida do Nordeste (CAVALCANTI, 2007). A formação do xilopódio nas plantas têm início aos 5 dias após a germinação. Nas plantas jovens, forma-se um xilopódio principal que se desenvolve até o primeiro ano, posteriormente, se inicia a formação de xilopódios secundários que crescem em grende número, chegando a um total de até 2.500 xilopódios em uma planta adulta. Fonte: CAVALCANTI, Nilton de Brito. Os xilopódios do imbuzeiro. 29 mar. 2007. Disponível em: http://fatosefotosdacaatinga.blogspot.com.br/2007/03/os-xilopdios-do-imbuzeiro.html. Acesso em 29 set. 2017.

Saiba mais:

AMEAÇADO de extinção, umbuzeiro depende de investimento e pesquisa. Portal Terra, 23 abr. 2013. Disponível em:<https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/ameacado-de-extincao-umbuzeiro-depende-de-investimento-e-pesquisa,edb68a2ee314e310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html>. Acesso em 28 set. 2017.

CARVALHO, Paulo Ernani Ramalho. Árvore do Conhecimento. Disponível em: < http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/especies_arboreas_brasileiras/arvore/CONT000fyr5nvfg02wx5ok0pvo4k3rkrbic9.html> . Acesso em 29 set. 2017.

NATUREZA: Fruta mais emblemática da Caatinga Nordestina, o umbu é ameaçado de extinção. Blog do Anderson, 30 set. 2014. Matéria da National Geographic. Disponível em: <http://www.blogdoanderson.com/2014/09/30/natureza-fruta-mais-emblematica-da-caatinga-nordestina-o-umbu-e-ameacado-de-extincao/> Acesso em 28 set. 2017.

RIGO, Neide. Umbu. Coluna do Paladar. Edição de 07/03/2013. Disponível em: https://come-se.blogspot.com.br/2013/03/umbu-coluna-do-paladar-edicao-de.html. Acesso em 29 set. 2017.

 

 

2 comentários sobre “Alunos de Bate Pé, zona rural de Vitória da Conquista, escrevem cordel sobre umbu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *