Qual o ingrediente básico para virar cientista?

Se a construção da carreira de cientista pudesse ser esquematizada como uma receita de bolo, um ingrediente não poderia faltar: a curiosidade. Afinal, o bom cientista é aquele que faz as perguntas diferenciadas, pois quer saber além das respostas já consolidadas.

A escola pode atuar como local e momento que estimulam a curiosidade dos alunos, direcionando-os a novos aprendizados. Quanto mais utilizar-se da interdisciplinaridade e da transdisciplinaridade, mais terá chances de incentivar novos cientistas. A fragmentação do conhecimento em disciplinas, que vem acompanhada da fragmentação do tempo de aulas,  nem sempre possibilita a criatividade e o alcance de novas habilidades, além da memorização. 

Por isto, a educação ambiental foi prevista para ser ministrada em perspectivas pluri, inter e transdisciplinares. É uma educação que busca uma visão holística de mundo. Como tal, é forte aliada no despertar de novos cientistas, eis que incentiva a curiosidade natural de crianças e adolescentes. Somando-se curiosidade, criatividade e perseverança, tem-se a receita básica para ser um cientista. 

Quer um exemplo? Observe futuros cientistas da Escola Municipal José Resende Sobrinho, em Itanhém, no Extremo Sul da Bahia, durante a execução do projeto de educação ambiental Eco Kids e Eco Teens: escuta atenta, observação dos fatos e muita, muita curiosidade!

Imagens: encaminhamento pela Conselheira Editorial Josileide Nunes, de Itanhém.

Referências: 

MELLO, Marcos. Pense duas vezes antes de virar cientista. Portal Marco Mello, 28 set. 2012. Disponível em:<https://marcoarmello.wordpress.com/2012/09/28/carreiracientista/> Acesso em: 05 ago. 2019

COMO se tornar um cientista. Portal wikiHow. Disponível em:<https://pt.wikihow.com/se-Tornar-um-Cientista>. Acesso em: : 05 ago. 2019.

O QUE é necessário para ser um cientista? Portal Último Segundo,  7 nov. 2018. Disponível em:<https://ultimosegundo.ig.com.br/colunas/astronoticias/2018-11-07/ingredientes-para-ser-um-cientista.html>. Acesso em: 05 ago. 2019. 

CATIVO, Jorge. A Taxonomia de Bloom, verbos e os processos cognitivos. Portal Biblioteconomia Digital, agosto de 2018. Disponível em:<https://www.biblioteconomiadigital.com.br/2012/08/a-taxonomia-de-bloom-verbos-e-os.html>. Acesso em: 05 ago. 2019.

BRASIL, Lei 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, 28 abr. 1999. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 05 ago. 2019.

 

Um comentário sobre “Qual o ingrediente básico para virar cientista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *