SIDS: uma sigla com significado de alerta

Se você colocar a sigla SIDS em mecanismos de busca na internet, pelo menos três significados irão aparecer: Síndrome de Morte Súbita Infantil, Sistema Integrado de Defesa Social e Small Island Develloping States,  sobre o qual iremos comentar.

Por SIDS, cuja tradução é Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, entende-se um distinto grupo de países em desenvolvimento que se encontram em situações particulares de vulnerabilidades e dificuldades de cunho social, econômico e ambiental.   (Itu, 2018)

Parecem enfrentar restrições semelhantes em seus esforços de desenvolvimento sustentável, como forte dependência sobre uns poucos e remotos mercados,  bem como alto custo de energia e instraestrutura e comunicação, pois contam com comércio local e pequena base de recursos (Itu, 2018).

Há 58 países compreendidos ou identificados como SIDS,  entre eles Aruba, Cuba, Curaçao, República Dominicana, Jamaica e Haiti.

Há outros que talvez você nunca tenha ouvido falar, como Vanuatu, situado a 2,000km (1,200 milhas) a nordeste da AustráliaQuem assistiu ao filme “A Filha do Presidente” (First Daughter) certamente lembra a cena em que Mia Thompson (Amerie) dança como Embaixador de Vanuatu e pergunta para Samantha (Katie Holmes) se Vanuatu é mesmo um país.

Vanuatu integra rol de SIDS.

Na Rio + 20,  Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável realizada em 2012, na cidade do Rio de Janeiro,  os 188 países participantes efetuaram um compromisso de ajuda para os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, diante de suas vulnerabilidades únicas e particulares, incluindo o seu tamanho reduzido, seu isolamento, a insuficiência de seus recursos e de suas exportações, a vulnerabilidade diante dos desafios ambientais globais e aos choques econômicos exógenos, inclusive diante de uma ampla gama de impactos das mudanças climáticas e de desastres naturais mais frequentes e intensos. A elevação do nível do mar e outros impactos adversos das alterações climáticas continuam a representar um risco significativo para os SIDS, pois são ameaças à sua sobrevivência e viabilidade, inclusive, para alguns, devido à perda de território (Declaração Rio + 20, Resultado 178, 2012).

 

Referências:

Who are the SIDS.  In: Itu (International Telecommunicaticon Union):Commited to connecting the World. Disponível em:<https://www.itu.int/en/ITU-D/LDCs/Pages/Who-are-the-SIDS.aspx>. Acesso em 14 abr. 2018

Small Island Develloping States. In:  Itu (International Telecommunicaticon Union):Commited to connecting the World. Disponível em:<https://www.itu.int/en/ITU-D/LDCs/Pages/SIDS.aspx>. Acesso em 14 abr. 2018

Declaração Final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20). O Futuro que Queremos.  Rio +20 Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio de Janeiro, Brasil 20 a 22 de Junho de 2012 . Disponível em:<http://www.mma.gov.br/port/conama/processos/61AA3835/O-Futuro-que-queremos1.pdf>. Acesso em 14 abr. 2018.

BARBOSA, Vanessa. 4 fontes de discórdia para acordos na Rio + 20. In: Exame, 18 jun 2012. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/mundo/4-pontos-de-discordia-nas-negociacoes-da-rio-20/>

Rio + 20 teve 45 mil participantes e 95% de ocupação em hotéis. Portal Terra, 22 jun. 2012. Disponível em:<https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/clima/rio20-teve-45-mil-participantes-e-95-de-ocupacao-em-hoteis,18490665632da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html>. Acesso em 14 abr. 2018

Crédito da imagem da capa: Agência Brasil/ Marcello Casal/. Disponível em:  <https://exame.abril.com.br/mundo/4-pontos-de-discordia-nas-negociacoes-da-rio-20/>

Imagem de Vanuatu: <http://www.scmp.com/news/china/diplomacy-defence/article/2141065/vanuatu-denies-chinese-approach-set-future-military>

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *